Juventudes e Interseccionalidades é tema de extensa programação artística no Centro Cultural Olido, em SP

Sarau de poesias, teatro, dança, circo, performance e outras apresentações artísticas irão compor a programação do evento “Juventudes & Interseccionalidades”, que teve início em agosto e se estenderá até novembro de 2016. Todas as atividades são gratuitas e acontecem no Centro Cultural Olido, na Avenida São João, 473, em São Paulo. O projeto busca trazer ao centro da cena artística a discussão sobre interseccionalidades relacionada às reflexões sobre juventudes. A proposta é pensar juventudes como uma categoria fundamentalmente plural,

É possível ser vegano/a na quebrada?

Cinco jovens, cinco territórios diferentes, um desejo em comum: transformar a própria cultura alimentar Por Leandro Noronha da Fonseca Carolina diz que sua saúde mudou após deixar de comer carne. Para ficar em paz com o próprio corpo, Luana está diminuindo o consumo de carne. Karoline descobriu o sabor do brócolis e de outras verduras. Já Tais, acredita que se alimentar seja também um ato político. Assim como Vander, que deixou de lado a carne pelos direitos e pela liberdade

Dia Internacional da Juventude: shows, oficinas e espaços para reflexão sobre Trabalho, Cultura e Resistência

Ilustração da imagem em destaque: Ingrid Pierazzo No próximo dia 12, sexta-feira, o Dia Internacional da Juventude será comemorado, no Centro Cultural da Juventude (CCJ), com programação diversificada para abordar o tema “Trabalho, Cultura e Resistência”. Shows, oficinas e rodas de conversa farão parte do dia para discutir umas das principais pautas das juventudes da cidade de São Paulo. Celebrado no dia 12 de agosto, o Dia da Juventude foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1999, com o

Baixe gratuitamente o livro “Escritos e Imaginários”

Poesias, diários de bordo, artes visuais, fotografias e muito mais você encontra no livro “Escritos e Imaginários”, publicação que reúne produções culturais de jovens participantes do Programa Jovem Monitor/a Cultural (PJMC) da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, sob a coordenação do Instituto Pólis ao longo dos anos 2014 e 2015. O livro já está disponível para download clicando aqui. A obra traz visões multifacetadas de agentes culturais que expressam seus sentidos existenciais através da arte e do

Desobediência civil é tema de roda de conversa em Taboão da Serra

O Instituto Pólis e a Ação Educativa realizarão na próxima segunda-feira (13/06) a roda de conversa Cultura e Desobediência Civil: Uma conversa sem Ordem e Progresso. A ideia é promover o diálogo sobre os sentidos da participação em sua forma de ação direta, possibilitando a construção de uma sociedade de não violência. O encontro contará com a presença de movimentos sociais e instituições que atuam nas diversas regiões de São Paulo: Periferias Contra o Golpe, Ocupação Funarte, Ocupação de Escolas