Caminhada resgatou presença e influência das culturas negras em São Paulo

O Pontão de Convivência e Cultura de Paz do Instituto Pólis realizou na segunda-feira, dia 19, a caminhada Conviver em Paz nas Cidades – 1ª Caminhada do Programa Jovem Monitor Cultural: Culturas Negras. A atividade integrou a programação da formação teórica do Programa Jovem Monitor Cultural (PJMC) desenvolvida pelo instituto e foi aberta ao público geral. A caminhada teve enfoque na importância das populações de origem africana e de seus descendentes na construção de São Paulo e passou por

Jovens monitores refletem sobre políticas públicas culturais e gestão cultural na cidade

As políticas públicas culturais e a gestão cultural na cidade foram abordadas na formação teórica do Programa Jovem Monitor Cultural (PJMC), realizada no dia 12 de janeiro. A atividade foi ministrada por Altair Moreira, jornalista, educador, ex-secretário de cultura de Santo André e um dos assessores de formação do PJMC. A implantação do Ministério da Educação e Saúde, em 1930, e a passagem do escritor Mário de Andrade pelo Departamento de Cultura da Prefeitura da cidade de São Paulo,

Diversidade cultural e interculturalidade são temas de formação de jovens monitores culturais

A primeira formação teórica do Programa Jovem Monitor Cultural (PJMC) de 2015 teve como tema a diversidade cultural e a interculturalidade. A formação ocorreu no dia 05 de janeiro e foi ministrada por Valmir Souza, escritor, professor e um dos assessores de formação do PJMC do Pólis. Também foram abordadas questões como multiculturalismo, dimensões simbólica, econômica e cidadã da cultura e hibridismo cultural. Segundo Valmir, atrás do multiculturalismo e da interculturalidade há uma perspectiva política nas relações entre

Instituto Pólis dá início ao programa Jovem Monitor Cultural

O Instituto Pólis iniciou no fim de novembro de 2014 um novo projeto voltado para a juventude: o Programa Jovem Monitor Cultural (PJMC). Ele visa a formação teórica e prática de 111 jovens entre 18 e 29 anos. Eles atuarão no atendimento, produção e difusão da cultura municipal em equipamentos culturais da cidade de São Paulo, tais como casas de cultura, centros culturais, teatros distritais e gabinetes da Secretaria Municipal de Cultura. [caption id=attachment_3238 align=alignright width=300] Jovens monitores atuarão no

APROPRIARTE E SESSÃO DE DIÁLOGO NA COMUNIDADE BOLIVIANA DE SÃO PAULO

O evento foi realizado no domingo, dia da tradicional Feira da Kantuta, e em comemoração ao dia do trabalho. Além das apresentações artísticas, aconteceu uma conversa intercultural com a participação dos frequentadores da feira e interessados. Nessa edição 2014, o encontro teve também caráter de sessão de diálogos e roda de conversa, numa atitude de juntar as práticas propostas e desenvolvidas pelo Pontão do Polis durante seus seis anos de existência. A convivência e cultura de paz foi ponto de