Periferia em Movimento e Blog Mural dão formação em jornalismo comunitário para jovens monitores/as

Iniciando o eixo de Juventudes e Direito à Comunicação, o Programa Jovem Monitor Cultural (PJMC) desenvolvido pelo Instituto Pólis recebeu no dia 16 de março Thiago Borges, um dos criadores do site Periferia em Movimento, e Marina Lopes, correspondente do Blog Mural na Folha de S. Paulo. De manhã os/as jovens participaram de uma oficina de Introdução à Comunicação e Democratização da Mídia com o jornalista e assessor de comunicação do PJMC no Pólis, Leandro Fonseca. Os/as participantes também

Instituto Pólis é representado na última Cumbre Mundial Arte, Cultura e Paz

Hamilton Faria, poeta e coordenador de Cidadania Cultural do Instituto Pólis, foi um dos cinco brasileiros convidados a participar do evento internacional Cumbre Mundial Arte, Cultura e Paz. Realizado entre os dias 6 e 11 de abril em Bogotá, o evento alcançou milhares de pessoas: no último dia, foram contabilizados mais de 10 mil inscritos e 500 convidados internacionais. Sob a organização do Instituto Distrital de las Artes – Idartes, o objetivo do encontro foi reunir artistas e pensadores do

Saúde das mulheres negras e perfil da juventude brasileira são refletidos em formação

No dia 09 de março, dando continuidade à formação teórica do eixo de Políticas Públicas de Cultura, Juventudes e Território, os/as jovens monitores/as culturais do Programa Jovem Monitor/a Cultural (PJMC) desenvolvido pelo Instituto Pólis participaram de duas rodas de conversa sobre a construção da saúde da mulher e a participação política e acesso da juventude à cultura, lazer e meios de informação e comunicação. Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, as integrantes da Capulanas Cia. de Arte Negra,

Jovens monitores discutem racismo e genocídio da juventude negra

A Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, determina como crime a “discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. No entanto, o racismo e outras formas de discriminação ainda existem. Para abordar e discutir o assunto, participou da formação teórica do Programa Jovem Monitor (PJMC) no Instituto Pólis, no dia 02 de março, o educador popular Gerson Brandão, também articulador do Plano Juventude Viva, pesquisador do Instituto Pólis, membro do Koletivo Filhos do

Manifestações culturais e ocupações dos espaços públicos são abordadas em formação realizada na Penha

Localizado na zona leste de São Paulo, o distrito da Penha de França abriga muitas histórias e culturas. Foi lá onde ocorreu, no dia 23 de fevereiro, a formação teórica do Programa Jovem Monitor Cultural (PJMC), desenvolvida pelo Instituto Pólis. Os/as jovens visitaram diversos pontos importantes para a história do bairro e puderam discutir questões como manifestações culturais, ocupações criativas dos espaços públicos e interfaces territoriais na experiência das juventudes de São Paulo. Participaram da atividade José Morelli, curador